Arroz de Pato

Dias desses, assistindo ao programa Que Marravilha!, do Chef Claude Troigros, em que fizeram o famoso arroz português, o arroz de pato, fiquei com água na boca ao ver a deliciosa mistura de ingredientes (pato, cogumelos, macadâmia e etc) e na mesma hora nasceu a vontade de reproduzir a receita. Gostei tanto da receita original – da família portuguesa, quanto a que o Claude fez.

Domingo passado, dia das mães, combinamos de fazer o arroz de pato para o almoço. Eu e as minhas filhas fomos para cozinha fazer a receita do Claude.

A combinação de filhos felizes, boa música, vinho bom, cheiros deliciosos e muito carinho deixou o prato delicioso e o domingo foi maravilhoso.  Viva o Claude! Viva o dia das mães!

Agora temos duas receitas de arroz de pato, a peruana e a portuguesa. Ambas muito boas.

A seguir reescrevo a receita do arroz de pato do Claude.

Arroz de Pato

Tempo de preparo: 1 min.
Tempo de cozedura: 30 min
Rendimento: 18

Ingredientes

  • Tomilho, louro e alecrim (a gosto)
  • Pimenta do reino a gosto
  • 4 colheres (sopa) de alho picado
  • 1 pimenta dedo de moça
  • Flor de sal (opcional)
  • Azeite extra virgem
  • Sal
  • 1 colher (sopa) de urucum – conheço por colorau
  • 1 pato de 3 quilos
  • 150 gramas de cogumelo funghi porcine seco
  • 8 cogumelos paris grandes
  • 4 cogumelos shitake
  • 1 cenoura média
  • 1 cebola grande
  • 2 talos de aipo
  • 10 gramas de zimbro
  • 500 ml de vinho tinto português
  • 150 gramas de macadâmia
  • Salsinha
  • 300 gramas de chouriço espanhol
  • 15 azeitonas pretas
  • 300 gramas de ervilha fresca – usei a congelada
  • Cebolinha
  • 3 xícaras (chá) de arroz parbolizado
  • Saco de assar
  • 2 colheres (sopa) de gordura de pato (retirada do pato depois de assado)

Método

  1. No dia anterior: Pique 2 folhas de louro, ½ xícara (chá) de alecrim e ½ xícara (chá) de tomilho, ½ pimenta dedo de moça, 2 colheres (sopa) de alho. Coloque em uma tigela e junte o sal (a gosto), uma colher de urucum e o azeite (mais ou menos 100 ml). Misture;
  2. Abra o pato pelo lado do peito. Descole a pele do peito e da coxa com as mãos e tempere com a marinada. Coloque dentro pato um ramo de alecrim e um de tomilho. Feche-o e coloque em um saco de assar. Feche o saco e leve à geladeira até o dia seguinte. Deve ficar na geladeira marinando por no mínimo 06 horas; O pescoço e os miúdos serão utilizados no preparo do caldo. Não coloque junto com o pato no saco de assar. Reserve na geladeira.
  3. No dia seguinte: Coloque o pato para assar em forno de 120 graus por duas horas e meia ou até que esteja bem macio. Quando estiver assado retire do forno e desfie-o separando a carne dos ossos. Reserve em separado a carne e os ossos. Coe a gordura e reserve. Será usada para fazer o arroz.
  4. Como fazer os cogumelos: Em uma panela coloque água para ferver. Junte os cogumelos paris e os shitakes e deixe cozinhar por 5 minutos. Retire os cogumelos e reserve. Coloque os cogumelos fungh porcini para cozinhar na mesma água. Cozinhe por 10 minutos. Retire e reserve. Reserve também a água que ferveu os cogumelos. Ela será usado no preparo do caldo.
  5. Como fazer o caldo: Em uma panela aqueça uma colher de azeite. Junte os ossos, o pescoço e os miúdos, a cenoura, o aipo, tomilho, alecrim, louro, cebola e mexa até dourar. Acrescente o vinho e mexa até que tudo desgrude do fundo da panela, ou seja degraceie. Cubra com a água que cozinhou os cogumelos. Tempere com sal – pode ser flor de sal. Junte meia pimenta dedo de moça e o zimbro picados. Deixe cozinhar por 30 minutos. Depois de cozido coe ou peneire. Reserve.
  6. Como preparar os cogumelos, a macadâmia e a ervilha: Em uma frigideira toste as macadâmias no azeite e reserve. Puxe os cogumelos cozidos no azeite quente e tempere com sal e pimenta do reino. Coloque 1 colher de alho, a cebolinha e a salsinha. Deixe suar. Puxe as ervilhas no azeite. Tempere. Junte o pato desfiado, as ervilhas, os cogumelos e as azeitonas.
  7. Como fazer o arroz: Numa panela, refogue o chouriço na gordura do pato. Junte a cebola picada e deixe suar. Coloque o arroz e deixe fritar, mexendo sem parar. Cubra com o caldo. Cozinhe até ficar al dente, mais ou menos 15 minutos. Junte os cogumelos, a macadâmia tostada e a ervilha. Sirva quente em travessa ou em porções individuais.

Informação adicional

Sirva quente em travessa ou em porções individuais. Pronto! Bom apetite!

Minha revisão da receita

  • Gosto 10
  • Custo 10

Classificação do Usuário

4 (1 Votos.)

Resumo

10Ponto

author-avatar

AMOR GASTRONÔMICO: RANGO OU CHIQUE. Cozinhar para mim é sinônimo de prazer. Sempre que posso estou na cozinha. Por isso, decidi criar este blog, e a partir de agora terei a oportunidade de compartilhar com vocês minhas experiências – positivas ou não – na arte da gastronomia. E também disponibilizar relatos de viagens e receitas testadas e aprovadas. Sejam bem vindos, Ivone Santiago.

Sem Respostas para "Arroz de Pato"

    Deixe seu comentário

    %d blogueiros gostam disto: